domingo, 31 de julho de 2011

EUA: líder democrata do Senado aceita acordo da dívida

O líder da maioria democrata do Senado dos Estados Unidos, Harry Reid, apoia um acordo emergente para evitar um desastroso default, pendente de apoio das bases do partido, disse seu porta-voz neste domingo.

"O senador Reid aceitou um acordo sobre o teto da dívida, pendente de aprovação do bloco", disse Adam Jentleson em comunicado, enquanto a Casa Branca e os líderes parlamentares se apressam para chegar a um consenso antes da data limite de terça-feira.

O anúncio de Reid, amplamente esperado, o tornou no primeiro dos quatro principais líderes do Congresso a apoiar formalmente um rascunho desenhado pelo presidente Barack Obama e seus principais aliados democratas e adversários republicanos.

A Casa Branca e os parlamentares buscavam um acordo que permitisse elevar o teto de 14,3 trilhões de dólares da dívida dos Estados Unidos acompanhado de fortes cortes de gastos para conter o galopante déficit orçamentário do país.
Postar um comentário

Últimas Notícias do Mercado Financeiro